Arquivos do Blog

Social TV na Austrália

Brasil e Austrália, países onde estão as sedes da Social Figures, possuem diversas similaridades em seus usos das mídias sociais. A intensidade da Social TV é uma delas. Segundo um estudo publicado pela Nielsen, 45% dos usuários australianos de Twitter engajam-se com a plataforma enquanto assistem televisão. E, desta amostra, três de quatro estão usando a segunda tela com seu programa favorito ao clicar em uma hashtag ou tendência para ver o que outras pessoas estão tuitando (76%), buscam manualmente (73%) ou ainda tuitam sobre os programas (73%).

Clique no gráfico abaixo para ler mais:

social tv australia

Twitter para Pequenos Negócios

O Twitter lançou estudo chamado “Small Business Customer Insights“. Baseado em entrevistas com 1000 usuários americanos do Twitter, o documento traz diversos dados interessantes. Entre estes, como exibido no trecho abaixo, 57% dos usuários já descobriram uma empresa pequena através do Twitter e 67% destes passaram a segui-la.

twitter para pequenos negocios

6 tipos de dinâmicas conversacionais no Twitter

O Pew Research Internet, reconhecido instituto de pesquisa sobre internet, acabou de lançar um relatório em parceria com a Social Media Research Foundation: Mapping Twitter Networks – from polarized crowds to community clusters[pdf]. Utilizando a ferramenta NodeXL, que aplicamos em diversos projetos de análise de redes sociais na Social Figures, foram encontrados 6 arquétipos de conversações no Twitter.

Segue abaixo a tradução da descrição básica de cada um destes arquétipos, que podem ser lidas melhor no relatório completo ou no resumo das descobertas.

polarized-crowdMultidão Polarizada (Polarized Crowd)

“Discussões polarizadas apresentam dois grandes e densos grupos com poucas conexões entre si. Os tópicos sendo discutidos são geralmente bem divididos e assuntos políticos calorosos. De fato, há pouca conversação entre os grupos além do fato de tratarem do mesmo tema. Multidões Polarizadas no Twitter não estão debatendo. Elas estão ignorando uma à outra enquanto apontam para diferentes fontes de conteúdo e usam hashtags diferentes”

tight-crowdMultidão Densa (Tight Crowd):

“Estas discussões são caracterizadas por pessoas altamente conectadas com poucos participantes isolados. Muitas conferências, tópicos profissionais, grupos de hobbies e outros temas que atraem comunidades manifestam-se neste formato de Multidão Densa.

Estas estruturas mostram especialmente como comunidades de aprendizado em rede funcionam e como compartilhamento e suporte mútuo pode ser facilitado pela mídia social”

brand-clustersClusters de Marca (Brand Clusters):

“Quando produtos, serviços ou temas populares como celebridades são discutidos no Twitter, geralmente há comentários de participantes desconectados. Estes participantes “isolados” em um cluster de conversação estão no lado esquerdo da imagem ao lado. Marcas muito conhecidas e outos temas populares podem atrair grandes e fragmentadas populações no Twitter, que tuitam sobre o tema mas não entre si. Quanto maior a população falando sobre a marca, menos provável será que os participantes estejam conectados uns aos outros.”

community-clustersClusters de Comunidades (Community Clusters):

“Alguns tópicos podem desenvolver vários grupos menores, que formam-se com frequência em torno de poucos hubs, cada um com sua própria audiência, influenciadores e fontes de informação. Estas conversações de Clusters de Comunidades parecem bazares com múltiplos centros de atividade. Notícias globais geralmente atraem coberta de muitas organizações de imprensa, cada uma com seus seguidores. Isto cria uma coleção de grupos de médio porte – e um número relevante de isolados (lado esquerdo da imagem ao lado).”

broadcast-networkxRede Broadcast (Broadcast Network):

“Comentários no Twitter em torno de notícias, conteúdo de marcas e âncoras conhecidos de imprensa possuem uma estrutura de hub e platéia na qual muitas pessoas repetem o que as organizações principais de mídia tuitam. Os membros da audiência da Rede Broadcast são geralmente conectados apenas com as fontes populares, sem conexões entre si. Em alguns casos, há sub-grupos menores de pessoas altamente conectadas – algo como “engajados” no assunto – que discutem as notícias entre si.”

support-networkRede de Suporte (Support Network):

“Reclamações de consumidores de grandes empresas são geralmente gerenciadas por contas no Twitter que tentam resolver as questões dos consumidores sobre seus produtos e serviços. Isto produz uma estrutura centralizada que é diferente do padrão da Rede Broadcast. Na estrutura da Rede de Suporto, a conta hub responde para muitos usuários desconectados, criando fluxos de informação em direção aos perfis. Em contraste, no padrão da Rede Broadcasts, o hub geralmente é respondido ou retuitado por muitos perfis, criando os fluxos de informação em direção ao hub apenas.”

Português é a quarta língua mais usada no Twitter

Estudo lançado pela Gnip demonstra que o português segue firme e forte como a quarta língua mais usada no microblog Twitter. No pódio estão Inglês, Japonês e Espanhol. É interessante observar também que o inglês continua a perder espaço relativo: em 2012 a língua dominava 60,4% dos tweets. Em 2013 desceu para 51%, graças ao crescimento das outras línguas, comprovando a abrangência mundial do Twitter.

twitter - linguas 2013

Evento apresenta estratégicas para anúncios sociais

O Social Ads Summit, evento que acontecerá em 10 de maio, na Faculdade Casper Líbero (SP), promete trazer bastante informações para os profissionais da área. Entre as palestras, temas como “Facebook: Um grande aliado para captação de leads qualificados” e “Twitter: como anunciar em 140 caracteres com bons resultados?” comporão o primeiro evento brasileiro totalmente focado em anúncios para mídias sociais. Entre os palestrantes, profissionais de agências como AD.Dialeto, dp6, AdResults e DM9DDB.

social ads

As interfaces entre anúncios sociais e monitoramento de mídias sociais são múltiplas. Além das conversações sobre uma marca serem indicadores também da efetividade dos anúncios que visam awareness e engajamento, o monitoramento de mídias sociais pode ser fonte para a criação de anúncios. Gírias, léxico, piadas e referências do público podem ser percebidas nas mídias sociais e retornarem como anúncios que “falam a língua do consumidor”. Além disso, o direcionamento dos anúncios também pode ser otimizado, uma vez que públicos segmentados podem ser construídos a partir da identificação dos segmentos de público consumidor.

Top Profiles: encontrando perfis por geolocalização

Encontrar influenciadores ou pessoas com alto poder de disseminação é algo bastante difícil, apesar de ser uma das atividades mais frequentes do analista de mídias sociais.

Para ajudar neste desafio, o BrandCare possui o recurso Top Profiles, que pode ser acessado facilmente através do botão:

top profile - botao

O recurso Top Profiles permite que você faça um busca por localização (País, Estado e Cidade) e retorne uma lista de perfis Twitter daquela localidade com o maior escore em uma de duas métricas (nota Klout ou número de seguidores). O escore Klout é uma espécie de “atalho” para se analisar influência nas mídias sociais. A partir de diversos algoritmos em cima de dados das mídias sociais como Twitter, Facebook e outros 10 sites, o Klout retorna uma nota de 0 a 100 de influência.

A nossa base de dados hoje conta com mais de 32 milhões de perfis coletados nos últimos anos.

top profiles - influenciadores geolocalizados

Depois de selecionar a localização, é só clicar em Gerar Relatório. Na mesma página o BrandCare gera um relatório com os perfis geolocalizados. É possível visualizar os dados direto pela ferramenta ou ainda exportá-los em formatos como PDF, XLS, DOC e TIFF.

top profiles - lista de influenciadores por klout

O mapeamento geolocalizado de perfis com alto grau de disseminação pode ser o pontapé inicial para muitas análises, como:

  • Encontre os blogs que geram mais repercussão nas praças de distribuição do seu produto;
  • Descubra possíveis participantes de ações especiais de engajamento, como eventos presenciais;
  • A partir dos dados do Twitter, encontre os influenciadores nas outras mídias e faça um estudo de perfilização e segmentação de público;
  • Compare o uso do Twitter entre diferentes cidades, para otimizar o seu mix de mídias sociais;
  • Realize análise estrutural de redes de perfis com grande audiência, para encontrar comunidades de interesses entre seus seguidores;
  • Identifique quais tipos de usuários influentes estão mais ativos no Twitter.

Ah! E o melhor é: atualmente o recurso pode ser utilizado sem limites pelos clientes do BrandCare. Conheça melhor a ferramenta e entre em contato para agendar uma demonstração.

Jelly: aplicativo de perguntas e respostas é lançado por criador do Twitter

Biz Stone, um dos criadores do Twitter, acaba de lançar o Jelly, aplicativo voltado a perguntas e respostas “sociais” com uma simplicidade que promete ser tão direta quanto a do famoso microblog. As perguntas podem ser feitas com imagens para especificar o contexto. Em um mundo cada vez mais conectado através de smartphones, o aplicativo promete se diferenciar de outros como Quora e Ask por ser focado nas dúvidas em tempo real.

O aplicativo está disponível na Play Store e iTunes Store.

Twitter concorre de perto com o Facebook no Setor Público

Para comunicadores do Setor Público no Brasil, o Twitter é uma mídia social quase tão importante quanto o Facebook. 78% utilizam o Facebook contra 76% de utilizadores do Twitter, segundo pesquisa recém-lançada pela FSB Pesquisa. O estudo foi composto a partir de entrevistas com gestores de 120 instituições privadas e públicas.

twitter - setor públicoO documento também aponta o crescimento da comunicação em redes sociais como uma das atividades prioritárias.

Infográfico: Quanto tempo você gasta na redes sociais!?

time-on-social-media

Quanto do seu tempo você “gasta” na web!? 18% segundo o infográfico abaixo. Desde de 2006 o tempo gasto pelas pessoas nas redes sociais mais que duplicou, foi de 2,7 horas para 6,9. Os dados são tem como base os EUA. De qualquer maneira, isso se repente ao redor do globo. O ranking por tempo tem Facebook reinando em primeiro, seguido por Tumblr, Pinterest, Twitter, LinkedIn e Google+. Confira abaixo.

time-on-social-media - Cópia

Fonte: Mashable

Timehop, te ajuda relembrar o passado

Com todo o volume de informações, check-ins, fotos, tweets e etc² que recebemos e enviamos todos os dias, fica difícil consegui lembrar tudo o fizemos há um ano (às vezes um dia já é o suficiente). Já falamos aqui sobre dois sites que enviavam diariamente um e.mail para o usuário cadastrado mostrando o que ele fez há um ano, isso era apenas para o Foursquare e Instragam. Bom, os sites se fundiram, ganharam mais redes e um novo nome, Timehop.

As redes incorporadas ao serviço são, Facebook, Twitter, Foursquare, Instagram e Flickr. O esquema não mudou, você continua sendo recebendo diariamente suas atualizações de um ano, dois ou mais anos trás, mas somente daquele dia. Você pode acompanhar tudo por e.mail ou pelo APP disponível apenas para iPhone. Para os saudosistas e esquecidos (rs) de plantão, esse é um prato cheio. Mais infos aqui. ;)

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 30 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: